• nature3

    "Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana, tem a sua mente controlada por essa mesma natureza. Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus tem a sua mente controlada pelo Espírito" Romanos 8:5

  • nature2

    "Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana, tem a sua mente controlada por essa mesma natureza. Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus tem a sua mente controlada pelo Espírito" Romanos 8:5

  • solar2

    "Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana, tem a sua mente controlada por essa mesma natureza. Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus tem a sua mente controlada pelo Espírito" Romanos 8:5

  • nature1

    "Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana, tem a sua mente controlada por essa mesma natureza. Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus tem a sua mente controlada pelo Espírito" Romanos 8:5

  • nature4

    "Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana, tem a sua mente controlada por essa mesma natureza. Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus tem a sua mente controlada pelo Espírito" Romanos 8:5

  • eolica2

    "Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana, tem a sua mente controlada por essa mesma natureza. Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus tem a sua mente controlada pelo Espírito" Romanos 8:5



Competência e Confiança

Objetividade Resultado
Estar sempre na vanguarda das melhores práticas que nos possibilite atender cada vez melhor nossos Clientes.  Possuindo uma “Política de Resultados”, voltadas ao cliente, o sucesso de nossas ações e realizações estão focados em seus propósitos, metas e necessidades. A AFG Consultores, construindo relações de parceria e de confiança. Fazendo das realizações dos Planos e Projetos de nossos clientes as nossas realizações.

 





Processo de Certificação


Processo de Certificação dos Créditos de Carbono

(Registro e Validação do Projeto de MDL)

 

Elaboração de PDD's e preparo da documentação do projeto;
Intermediação e Coordenação da consulta aos stakeholders dos projetos;
Acompanhamento do processo de validação perante as EODs – Entidade Operacional Designada;
Encaminhamento do projeto a AND - Autoridade Nacional Designada (incluindo as diferentes traduções);
Registro do projeto junto ao EB UNFCCC (Executive Board da ONU)
Suporte ao processo de monitoramento, auditoria e verificação anual.

Para os serviços de consultoria visando o processo de Certificação dos Créditos de Carbono a AFG Consultores atua sempre em conjunto com seu parceiro internacional, a empresa alemã UPM - Umwelt-ProjektManagement, que possui uma vasta experiência e participação no mercado mundial de MDL, desde o seu início, na desenvolvimento de novas metodologias e tecnologias e na implantação de projetos.

Todos os serviços técnicos são realizados pela equipe de engenharia e analistas financeiros da AFG e da UPM, sendo que a responsabilidade pela condução e gerenciamento local do projeto e do processo é da AFG Consultores, o que compreende a coordenação do projeto, bem como a necessária troca de informação e documentação entre o proponente do projeto, a AFG e seus parceiros, e demais ‘stakeholders’ e entidades envolvidas no processo de registro e validação.

Metodologias:

Dentro da parceria com a AFG Consultores , está o fato de que a empresa tem-se destacado no processo de análise, reavaliação e reestruturação de metodologias homologadas pela ONU (UNFCCC - CDM Methodology Expert). Por esta razão, a AFG Consultores, juntamente com seus parceiros e colaboradores nacionais e internacionais, possuem a aptidão de atuar em projetos que a princípio não se ajustam a metodologias pré-existentes, pois a AFG Consultores com seus parceiros e colaboradores, freqüentemente tem desenvolvido novas metodologias e ‘derivações’ que são aprovadas pelo “CDM Executive Board” da ONU.

Gerenciamento de Risco:

A AFG Consultores, possui dentro do seu quadro de parceiros e colaboradores, especialistas na área de ‘ratings business’, e em ‘cross-border risks’ de mercados emergentes. Proporcionando a AFG Consultores a capacidade de realizar gestão de risco, permitindo uma melhor visão financeira e analítica sobre os riscos dos projetos, de forma profissional e segura, ultrapassando o habitual nível básico utilizado pelos demais players do mercado.


Estes dois fatores atenuantes permitem que a AFG Consultores promova uma verificação rigorosa sobre os projetos que lhe são submetidos, proporcionando transparência e a confiança necessária para desenvolver e propiciar a consecução dos projetos em uma base de "taxa de sucesso" (success fee).




Detalhamento do Processo de Cerificação

 

Ciclo do projeto de MDL

Para que um projeto resulte em reduções certificadas de emissões – RCEs, as atividades de projeto do MDL devem, necessariamente, passar pelas etapas do ciclo do projeto, que são oitos:


  PDD Elaboração de procedimento de concepção de projeto (DCP) e/ou Project Designer Document(PDD), usando Metodologia de linha de base e Plano de Monitoramento aprovado pelaUNFCCC(Unitede Nacion Framework Convention on Climate Change) ou Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas.
   
  Validação Validação é o processo de avaliação independente de uma atividade de projeto por uma Entidade Operacional Designada(EOD, ou DOE em inglês), onde se verifica se o projeto está em conformidade com a regulamentação  do Protocolo de kyoto
   
  Carta de   Aprovação Os participantes do projeto obtém a aprovação da Autoridade Nacional designada(AND) do país residente, que no caso do Brasil é a Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima(CIMGC)
   
  Registro Registro é a aceitação formal de um projeto validado como atividade de projeto de MDL(Mecanismo de Desenvolvimento Limpo), ou em inglês CDM(Cleand Development Mechanism) pelo CDM-EB(Execultive Board).
   
  Monitoramento Os participantes do Projeto implementam o projeto e, recolhem e armazenam todos os dados necessários para calcular a redução das emissões de gases de efeito estufa, de acordo com o plano de monitoramento escrito no PDD.
   
  Verificação Verificação é o processo de auditoria periódica e independente para revisar os calculos da redução de emissões de Gases do Efeito Estufa.
   
  Certificação EODD certifica as reduções de emissões conforme os resultados da verificação
   
  Emissão de
RCE's ou CER's
CDM-EB emite as Reduções Certificadas de Emissões(RCE), ou em inglês Certified Emission Reduction(CER).

 

  

A elaboração do Documento de Concepção de Projeto – PDD é a primeira etapa do ciclo. Esse documento deverá incluir, entre outras coisas, a descrição: das atividades de projeto; dos participantes da atividade de projeto; da metodologia da linha de base; das metodologias para cálculo da redução de emissões de gases de efeito estufa e para o estabelecimento dos limites da atividade de projeto e das fugas; e do plano de monitoramento.

Devendo conter, ainda, a definição do período de obtenção de créditos, a justificativa para adicionalidade da atividade de projeto, o relatório de impactos ambientais, os comentários dos atores e informações quanto à utilização de fontes adicionais de financiamento. Os responsáveis por essa etapa do processo são os participantes do projeto.



 

A validação é o segundo passo no Brasil e corresponde ao processo de avaliação independente de uma atividade de projeto por uma Entidade Operacional Designada – EOD, no tocante aos requisitos do MDL, com base no PDD.

A aprovação, por sua vez, é o processo pelo qual a Autoridade Nacional Designada - AND das Partes envolvidas confirmam a participação voluntária e a AND do país onde são implementadas as atividades de projeto do MDL atesta que dita atividade contribui para o desenvolvimento sustentável do país. No caso do Brasil, os projetos são analisados pelos integrantes da Comissão Interministerial, que avaliam o relatório de validação e a contribuição da atividade de projeto para o desenvolvimento sustentável do país, segundo cinco critérios básicos: distribuição de renda, sustentabilidade ambiental local, desenvolvimento das condições de trabalho e geração líquida de emprego, capacitação e desenvolvimento tecnológico, e integração regional e articulação com outros setores.

 

Registro é aceitação formal, pelo CDM-EB, de um projeto validado como atividade de projeto do MDL. A aprovação de projetos no CDM-EB do MDL é subseqüente à aprovação pela Autoridade Nacional Designada. A aprovação pela CIMGC é necessária para a continuidade dos projetos, mas não é suficiente para sua aprovação pelo CDM-EB, que analisa também a metodologia escolhida, a adicionalidade do projeto, entre outros aspectos. O registro é o pré-requisito para o monitoramente, a verificação/certificação e emissão das RCEs relativas à atividade de projeto no âmbito do MDL.

 

O processo de monitoramento da atividade de projeto inclui o recolhimento e armazenamento de todos os dados necessários para calcular a redução das emissões de gases de efeito estufa, de acordo com a metodologia de linha de base estabelecida no PDD, que tenham ocorrido dentro dos limites da atividade de projeto e dentro do período de obtenção de créditos. Os participantes do projeto serão os responsáveis pelo processo de monitoramento.

 

A sexta etapa é a verificação. Verificação é o processo de auditoria periódico e independente para revisar os cálculos acerca da redução de emissões de gases de efeito estufa ou de remoção de CO2 resultantes de uma atividade de projeto do MDL que foram enviados ao CDM-EB por meio do PDD. Esse processo é feito com o intuito de verificar a redução de emissões que efetivamente ocorreu.

A sétima etapa é a certificação. Após a verificação, o CDM-EB certifica que uma determinada atividade de projeto atingiu um determinado nível de redução de emissões de gases de efeito estufa durante um período de tempo específico.

 

A etapa final é quando o CDM-EB tem certeza de que, cumpridas todas as etapas, as reduções de emissões de gases de efeito estufa decorrentes das atividades de projeto são reais, mensuráveis e de longo prazo e, portanto, podem dar origem a RCEs. As RCEs são emitidas pelo CDM-EB e creditadas aos participantes de uma atividade de projeto na proporção por eles definida e, dependendo do caso, podendo ser utilizadas como forma de cumprimento parcial das metas de redução de emissão de gases de efeito estufa.

AFG Consultores Ltda. / www.afgconsultores.com.br / CSS3