• nature2

    "Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana, tem a sua mente controlada por essa mesma natureza. Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus tem a sua mente controlada pelo Espírito" Romanos 8:5

  • nature1

    "Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana, tem a sua mente controlada por essa mesma natureza. Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus tem a sua mente controlada pelo Espírito" Romanos 8:5

  • nature4

    "Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana, tem a sua mente controlada por essa mesma natureza. Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus tem a sua mente controlada pelo Espírito" Romanos 8:5

  • nature3

    "Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana, tem a sua mente controlada por essa mesma natureza. Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus tem a sua mente controlada pelo Espírito" Romanos 8:5

  • eolica2

    "Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana, tem a sua mente controlada por essa mesma natureza. Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus tem a sua mente controlada pelo Espírito" Romanos 8:5

  • solar2

    "Porque as pessoas que vivem de acordo com a natureza humana, tem a sua mente controlada por essa mesma natureza. Mas as que vivem de acordo com o Espírito de Deus tem a sua mente controlada pelo Espírito" Romanos 8:5



Competência e Confiança

Objetividade Resultado
Estar sempre na vanguarda das melhores práticas que nos possibilite atender cada vez melhor nossos Clientes.  Possuindo uma “Política de Resultados”, voltadas ao cliente, o sucesso de nossas ações e realizações estão focados em seus propósitos, metas e necessidades. A AFG Consultores, construindo relações de parceria e de confiança. Fazendo das realizações dos Planos e Projetos de nossos clientes as nossas realizações.

 





Tratamento de Resíduos

 

RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS / PASSIVO AMBIENTAL ORGÂNICO

A AFG Consultores, como empresa inovadora, desenvolve o mercado utilizando-se do aprimoramento de tecnologias inovadoras próprias ou em conjunto com parceiros, gerando produtos finais como créditos de carbono, energia, fertilizantes orgânicos e combustíveis sintéticos.

Entre essas tecnologias, a AFG Consultores, realiza a instalação de indústrias ou unidades complementares ou móveis que permite a tratabilidade de Resíduos Orgânicos Não Inertes - Classe II, utilizando-se de conhecimento e tecnologias aprimorados de Biodegradação Acelerada de Resíduos Orgânicos em parceria com empresas, governos e demais interessados , transformando-os em produtos de mercado como o Fertilizante Orgânico/Organomineral.

Tendo objetivos sociais, empresariais e mercadológicos, definidos esse novo conceito de modelagem de  negócios, condiciona o estabelecimento de novas oportunidades de mercado, com plena viabilidade economica sem deixar de prezar pelo desenvolvimento sócio-econômico, ambiental e bem-estar social.

Para tanto, a AFG Consultores possui a missão de desenvolver modelos de projetos e mercado que venham a objetivar esses desenvolvimentos de maneira sustentável, criando um ambiente favorável ao crescimento e expansão do uso destas tecnologias.

TECNOLOGIA DA BIODEGRADAÇÃO ACELERADA

Através da aplicação de biotecnologias para a biodegradação acelerada de resíduos orgânicos classe II – não inertes, através de compostagem a céu aberto, livre da geração de chorume ou líquidos percolados, e sem emissão de gases causadores do aquecimento global.

Esse processo é realizado em média em um prazo de 05 (cinco) dias, transformando  matéria orgânica em um composto orgânico humificado e solubilizado sem passar pelo estágio de putrefação e a não emissão de metano, resultando em um produto caracterizado como fertilizante orgânico multinutrientes de alto potencial e valor agrícola.

Essa tecnologia, auxilia empresas que geram grandes volumes de resíduos (frigoríficos, abatedouros, supermercados, usinas de álcool, fábricas de papel e celulose, resíduos agroindustriais entre outros.), oferecendo destino final com certificação e rastreabilidade, diminuindo o impacto ambiental.

Atuando como indústria de fertilizante orgânico, utiliza como matéria prima os resíduos orgânicos dessas empresas, além dos Resíduos Sólidos Urbanos Orgânicos (Lixo Orgânico), transformando-os em adubo orgânico de altíssima qualidade, e em conformidade com as Leis Ambientais.

Sendo este insumo de grande valor de mercado, permite que as unidades industriais implantadas, sejam altamente viáveis economicamente, garantindo a sua sustentabilidade através da comercialização dos fertilizantes orgânicos produzidos com certificação internacional, além da própria geração de créditos de carbono.

O NEGÓCIO

A AFG Consultores, implanta em municípios unidades industriais que aplicam processos biotecnológicos para a degradação acelerada de "Resíduos Orgânicos Classe II – Não Inertes", ou seja lixo urbano orgânico e passivo orgânico provenientes de empresas, através de um processo de compostagem acelerada mecanicamente e biologicamente, livre da geração de chorume ou outros elementos contaminantes, e sem emissão de gases causadores do aquecimento global,  obtendo um produto final de mercado, caracterizado como fertilizante orgânico multinutriente ou um insumo de alto potencial agrícola, assim como um processo gerador de créditos de carbono.

Tendo como plano de expansão, a implantação de unidades indústriais em municípios, por meio de concessão, que tratem o lixo urbano e os resíduos orgânicos de empresas, sem ônus e/ou custo de tratabilidade para as empresas ou para a administração dos municípios.

Destinação Final de Resíduos Orgânicos

As unidades industriais implantadas pela AFG oferecem ao mercado, o serviço de recebimento e destinação final adequada de resíduos orgânicos, com garantia de total rastreabilidade e segurança amplamente testado e aprovado, em conformidade com as exigências da Legislação Ambiental Brasileira, no que diz respeito a resíduos orgânicos Classe II – não inertes. Atendendo uma grande necessidade das empresas geradoras de resíduos, das mais diversas áreas.

Dentre estes tipos de resíduos orgânicos que são  tratáveis com a biotecnologia, encontramos o lixo urbano doméstico, onde a parte orgânica, que representa em média 60% de todo o lixo gerado, restos de alimentos de unidades do CEASA, hortifrutigranjeiros, podas de árvores e jardins, cinzas de caldeiras provenientes da queima de biomassa, resíduos de madeireiras, resíduos de indústrias de papel e celulose, resíduos das indústrias de alimentos, do setor fumageiro, do setor sucroalcoleiro, de laticínios, frigoríficos (bovino, suíno, avícola, etc.), cervejeiras, lodo da estação de tratamento de água e esgotos, resíduos de avicultura (tratamento de resíduos e cama de frango), suinocultura (dejetos de suínos), bovinocultura (confinamentos e granjas leiteira), torta de vegetais (torta de filtro), cascas de cereais, dentre vários outros, conforme tabela abaixo:

Resíduos Industriais

  • Madereiras;
  • Industrias de alimentos;
  • Laticinios;
  • Frigorificos;
  • Abatedouros em geral;
  • Cervejarias;
  • Papel e Celulose;
  • Curtumes;
  • Usina de Alcool;
  • Rejetos de Refino de Petróleo;

Resíduos Agropecuários

  • Avicultura - Tratamento de resíduos e cama de aviários;
  • Suinicultura - Tratamento de dejetos suínos;
  • Bovinocultura - Confinamento e granja leitera;
  • Bagaço da cana;
  • Torta de vegetais (filtro);
  • Cascas, cereais e etc.

Produção de Adubo Orgânico / Fertilizante Orgânico – Produto Comercial

Como conseqüência de sua atividade industrial, a AFG proporciona ao mercado agrícola, um produto totalmente inovador e de qualidade, que trata-se de um fertilizante orgânico, com teor de matéria orgânica de aproximadamente  50%, fósforo (P) de 2% a 4%, nitrogênio (N) de 2% a 5%, potássio (K) de 0,7% a 1,5% e relação carbono x nitrogênio (relação C/N) de 10/01 (dez carbonos para cada nitrogênio), e troca catiônica superior há 70% dentre outras peculiaridades.

O fertilizante orgânico se apresenta, sob a forma farelada ou granulada, o que permite a produção de fertilizante Organo-mineral (orgânico + químico), o que pode ser dar por mistura de grânulos orgânicos + grânulos químicos, e/ou mistura de matéria orgânica + NPK no mesmo grânulo, sob qualquer formulação desejada. Possibilitando, através deste produto, obter a “reestruturação” do solo, com o equilíbrio das propriedades físicas, químicas e biológicas necessários no processo de produção agrícola.

Processo Produtivo - Compostagem

Os processos de compostagem de resíduos orgânicos em condições normais, tem prazo médio de 180 dias, resultando na produção de adubo orgânico comum, com baixo teor de solubilização e humificação. Com a utilização de processos mecânicos e de biotecnologia para compostagem acelerada, o tempo médio é reduzido para 05 dias,  que aliado há um rigoroso controle de equilíbrio dos insumos – resíduos orgânicos de origem animal e vegetal, livres de metais pesados, e tratado em separado, o resíduo urbano orgânico passa por um processo inovador e eficiente de retirada de materiais inertes, garantindo, no final do processo, uma qualidade superior e equilíbrio de nutrientes para a agricultura. Durante este processo industrial de compostagem acelerada, quatro etapas distintas e simultâneas ocorrem: 

HUMIFICAÇÃO: etapa que provoca a biodegradação acelerada da matéria orgânica sem que haja putrefação, transformando-a num composto biologicamente estável;

NITRIFICAÇÃO: é a etapa de captação do nitrogênio do ar e fixação dele na matéria orgânica, pois algumas bactérias têm essa função específica (nitrificação).

SOLUBILIZAÇÃO: é a etapa que disponibiliza mais de 95% (noventa e cinco por cento) dos minerais e elementos (nutrientes) existentes na matéria orgânica, deixando-os mineralizados, prontamente assimiláveis pelas plantas;

ESTERILIZAÇÃO: etapa de grande geração de calor, pela ação das bactérias termofílicas e mesofílicas, que elevam a temperatura do interior das leiras para mais de 100ºC (cem graus Celsius) por mais de 24 horas ininterruptas, extirpando qualquer tipo de patógeno ou sementeiras anteriormente existentes nos resíduos compostados, eliminando inclusive a geração de chorume, pela ocorrência de altas temperaturas e pelo curto espaço de tempo de compostagem.

 

  Compostagem Tradicional Processo de Biodegradação Acelerada
Duração do Processo 180 dias em média
(Pequenas Quantidades)
05 Dias em média
(Grandes Quantidades)
Temperatura De 50º a 60º C

Acima de 100º C por até 120h
(Hesterilização)

Solubilização dos Nutrientes Média de 40%

Mais de 95%
(Aproveitamento total dos nutrientes)

Qantidade de Adubo 
Ultilizado No Solo
Mais de 10 Ton/ha Média de 2 Ton/ha
(Melhor viabilidade econômica)



Após os 05 dias de compostagem acelerada, ocorre a modificação biológica dos resíduos transformando-os em fertilizante orgânico, este seguindo este, para um processo de beneficiamento industrial, peneiramento, centrifugação, resfriamento, secagem e granulação, para então apresentar-se como produto farelado, de cor preto-acinzentado, definido pelo Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária como “fertilizante orgânico composto classe A”.



Montagem das Leiras Pré seleção / Separação resíduos mecânica / centrifugação  Recebimento na Indústria Resíduos sólidos Urbano

Passivo Ambiental Orgânico 
 Aplicação de Bioextrato
                  
 
 
 Beneficiamento  
 Biodegradação em 4 Etapas  Movimentação das Leiras  Adubo / Fertilizante Orgânico Certificação Nacional e Internacional

Esterelizado,Mineralizado,Solubilizado

Recuperação de Solos Degradados

Maior Benefício ao Meio Ambiente

Industra com Viabilidade Econômica



Geração de “créditos de carbono”.

Esse processo industrial é caracterizado como sendo um processo de  “MDL(Mecanismo de Desenvolvimento Limpo)traduzindo-se como uma atividade geradora de Reduções Certificadas de Emissão de Gases Causadores das Mudanças Climáticas (conhecidos como “créditos de carbono”), diferentemente da compostagem convencional que em seu processo de degradação, exala gás metano, cerca de 23 vezes mais nocivo do que o dióxido de carbono, o que ocorre pela putrefação de parte dos resíduos orgânicos compostados. Lembrando que os processos atuais de compostagem tradicionais já são geradores de créditos de carbono em projetos de pequena escala.

Sendo esse processo de inigualável eficiência, propicia a geração de créditos de carbono em escalas superiores aos modelos já existentes de geração de créditos de carbono em projetos de compostagem de pequena escala.

Com a aplicação da tecnologia do bioextrato, não existe a putrefação dos resíduos nem de seus elementos nutritivos, o que muda o entendimento e o conceito de “compostagem”, devido a aceleração da biodegradação. Como não há putrefação, não existe o processo bacteriológico da metanogênese, e em conseqüência, não se tem a geração de gás metano.

E pode gerar créditos de carbono, ao agricultor que se utilizar deste tipo de fertilizante orgânico, pois o mesmo é estável biologicamente, não ocasionando a emissão de metano, mas principalmente pela substituição em parte ou total do fertilizante químico, que é fonte comprovada de emissão de óxido nitroso, que se apresenta como sendo 310 vezes mais poluente e nocivo que o dióxido de carbono.

Logística Reversa

A chamada “logística reversa” é o conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a facilitar a coleta e a restituição e/ou devolução dos resíduos aos seus geradores, ou a terceiros, para que sejam tratados ou reaproveitados na forma de novas matérias-primas em seus processos produtivos ou de terceiros, visando a não geração de rejeitos. Desta forma, a logística reversa consiste em devolver ao meio ambiente, de forma benéfica, parte daquilo do que foi dele retirado, em toda a atividade humana.

Matéria Prima Indústrias Produto
     
Meoi Ambiente   Resíduos Reciclagem
     
Solo   Passivos Ambientais Reciclagem

 
     
  Unidade Industrial Implantada 
pela AFG Consultores
   
     
 Fertilizante
Orgânico
    Solução Ambiental    

 



A matéria prima natural, incluindo-se a fertilidade dos solos, é retirada do meio ambiente em várias atividades econômicas, gerando resíduos que agridem o nosso habitat natural, o nosso planeta: contaminando o solo, as águas e o ar. Provocando doenças e fragilidade na sociedade. Esses resíduos, sendo tratados de forma correta e através deste processo de compostagem acelerada, são transformados em um produto de grande valor comercial e mercadológico, importante na utilização do agronegócio em termos ambientais e de produção, incorporando a mais avançada biotecnologia, possibilitando o aumento da produtividade em terras férteis sem a necessidade de aumentar as áreas plantadas, como também a recuperação de áreas degradadas.

Tendo como fator de elevada importância, a existência no fertilizante orgânico produzido, em média, 50% de matéria orgânica humificada. Esse fator realiza um ciclo completo de suma importância no processo do carbono, onde retira-se do meio ambiente a matéria prima e a ele se devolve os rejeitos tratados, sob a forma de fertilizante orgânico, repondo os nutrientes perdidos e cedidos as plantas no processo de lavouras em larga escala, proporcionando um benefício de extrema importância, na reposição de fertilidade do solo.

 

AFG Consultores Ltda. / www.afgconsultores.com.br / CSS3